instrumenta

notícias

Entrevista para Revista Mídia Brasil -

22/11/2012

 Revista Mídia Brasil - Novembro de 2012 página 15

A busca pela vida que queremos viver depende, antes de qualquer outra coisa do "Domínio Pessoal". Esse termo descrito como umas das disciplinas para a melhoria de qualquer pessoa ou empresa, é entendido também como "o comprometimento que temos com nossa própria evolução". Destaca a idéia da responsabilidade que cada pessoa tem em se envolver com os próprios propósitos.

Com relação a uma vida profissional mais produtiva, é a mesma  coisa.

Claro que para isso, alguns passos são decisivos. Vamos a eles.

O primeiro é deixar claro qual é o objetivo. Onde queremos chegar?Quais são nossas metas? Desejamos aumentar nossos rendimentos na empresa, adequar a área de atuação, assumir funções e tarefas ainda mais desafiadoras e recompensadoras, um trabalho mais alinhado com a vida pessoal, desejada e etc. É importante que esse objetivo seja, antes de qualquer outra coisa, específico. Quando digo "específico", também quero sugerir que ele seja claro. Quanto mais genéricas forem as metas, menores as chances de as alcançarmos. Quando as pessoas determinam como propósito o "emagrecimento" normalmente estão sendo genéricas demais. Porque emagrecer pode ser representado pela redução de apenas 100 gramas ou representativos 5 kg de gordura. É importante deixar bem evidente qual é o objetivo para que se saiba se ele foi atingido ou não. Quando somos específicos na determinação daquilo que queremos, podemos verdadeiramente avaliar se conseguiremos ou não. Inclusive porque também nos responsabilizamos com um determinado prazo para chegarmos "lá".

Outra preocupação em relação aos objetivos é com o fato deles não serem muito fáceis e nem dificílimos. Quando determinamos metas muito simples de se alcançar, tendemos pela desmotivação. A mesma coisa ocorre se nos colocarmos no sentido de buscar a "misão impossível" (talvez mais adequada para indivíduos como o Tom Cruise). Os objetivos devem atender duas características quanto ao seu "tamanho". Eles devem ser possívies e desafiadores. Tem que ser alcançáveis e devem provocar nossos sentidos com relação à nítida percepção de evolução. Cada pessoa tem suas próprias referências para determinar seus objetivos.  Que sejam adequadamente estabelecidos para provocar a motivação necessária.

Depois de definidos os pontos a serem buscados, é decisivo que se definam quais passos precisam ser dados. Esses passos também devem ser bem detalhados. Como exemplo podemos pensar na contratação de um Coach, na matrícula em um curso específico, na adoção da prática de estudos sistemáticos de determinado assunto, na escolha de um horário para lazer, entre outros. Entender e descrever o que deve ser feito, é fundamental para conseguir o que se quer.

Depois disso, atingimos a última parte do "Domínio Pessoal". É chegada a hora de cumprir com o estabelecido. Tarefas já definidas e descritas, basta agora agendá-las e ir cumprindo diariamente; sempre certos de estarmos coerentes com nossos propósitos porque agimos claramente na direção da vida que queremos.

Para ler a reportagem completa acesse: http://www.instrumenta.com.br/clipping.php

 

contato@instrumenta.com.br

marcelo@marcelojabur.com.br